ensino profissional

Jorge Conde

São os jovens que escolhem hoje os empregadores!

Chegámos ao fim do verão. O ano letivo está a começar e são mais de 50 000 os jovens que ingressaram no Ensino Superior, só pelo Concurso Nacional de Acesso. As outras vias de acesso e, nomeadamente, os Cursos Técnicos Superiores Profissionais, garantem mais uns milhares. Com os números a crescer de ano para ano, podemos afirmar que a mensagem que "estudar compensa" vai-se consolidando e garantindo que os nossos indicadores comparativos com o resto da Europa vão melhorando. É o sinal inequívoco de que a estratégia seguida pelos governos de António Costa está certa, nomeadamente com a descentralização da formação feita pelos Politécnicos, que levam o ensino a quem não pode vir ao encontro deste nas geografias habituais. Apesar dos excelentes números, não nos podemos esquecer que representam cerca de metade dos jovens em condições de aceder ao Ensino Superior. Os outros, ou não encontraram uma opção que os convencesse a estudar, ou nem tentaram prosseguir estudos.

Educação

Alunos do profissional vão ter vagas específicas para entrar no superior já em 2020

O governo e as instituições do superior assinam nesta sexta-feira uma série de compromissos para a atual legislatura, entre os quais a criação desta nova via de acesso, que o ministro do Ensino Superior garante estar disponível já em 2020. As universidades e politécnicos terão autonomia para escolher abri-la ou não, permitindo que estes alunos entrem sem fazer os exames nacionais.