Emigrantes

Dália e João Barata, emigrantes em França, pagam promessas pela saúde da filha e do cão da família

peregrinação a fátima

Em Fátima também se acendem velas pela saúde dos cães

Entre hoje e amanhã Fátima volta a receber milhares de emigrantes, na peregrinação onde já era esperado o regresso de multidões. Mas há apenas quatro grupos estrangeiros inscritos para esta peregrinação dedicada também ao migrante e refugiado. Entre velhos hábitos, há agora novas promessas: os cães, cuja entrada é oficialmente proibida, são cada vez mais presentes. E alvo de promessas, como qualquer membro da família.