Emigração

Durante uma semana, meia centena de lusodescendentes como Marta Bernardino (em cima à esquerda), Ana

Encontro junta 50 jovens de vários países nas Caldas da Rainha

Os lusodescendentes que combatem a discriminação

Um grupo de 50 jovens participa nesta semana no Encontro de Lusodescendentes, nas Caldas da Rainha. A iniciativa da associação Cap Magellan quer criar uma rede, com técnicas de empregabilidade, que possam ser usadas nos diversos países. A isto junta-se um projeto solidário que liga a inclusão de refugiados e o emprego, e a montante, o objetivo de sempre: esbater o preconceito contra os emigrantes portugueses.