DN TV

Exclusivo

Jardins Abertos em Lisboa

Há muitas plantas e árvores para ver. Uma até tem chuchas

A oitava edição dos Jardins Abertos decorre nos dois próximos fins de semana com o objetivo de estimular a relação com a natureza em contexto urbano através de várias atividades de jardinagem, sustentabilidade e consciencialização ambiental e da visita a vários jardins de Lisboa. A Quinta Pedagógica dos Olivais é um desses espaços, local onde normalmente o que salta à vista são os animais do mundo rural e uma árvore muito especial.

Entrevista DN TSF

Carlos Moedas "Não sou o número dois de ninguém. Medina sim"

É candidato da Coligação Novos Tempos à Câmara Municipal de Lisboa. Licenciado em Engenharia Civil, tem MBA da Harvard Business School. Trabalhou na banca, foi secretário de Estado adjunto de Passos Coelho - a quem pede conselhos -, comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação e administrador da Gulbenkian. E revela propostas do programa que apresenta para a semana.

Entrevista a Augusto Santos Silva 

"Os países apresentaram os planos do PRR numa lógica antitroika"

Termina hoje a presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. No balanço do semestre, o ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros destaca a Cimeira Social do Porto, os avanços nas relações com Índia, Estados Unidos e China, aos quais deixa uma mensagem: "Nós, que abrimos a nossa economia ao exterior, também gostamos de que as economias de países terceiros estejam abertas à iniciativa europeia." E não esquece a importância do Estado de direito na dura relação com a Hungria, à qual lança farpas no final da conversa com o DN.

Exclusivo

Lisboa

As ciclovias "produzem" mais utilizadores de bicicleta?

Nos últimos tempos, a construção de ciclovias na capital acentuou-se com o objetivo de cumprir a promessa eleitoral do presidente da Câmara, Fernando Medina, de ter "pelo menos 200 quilómetros" de vias cicláveis até ao fim de 2021. Apesar das muitas vozes críticas contra faixas "de utilização reduzida", os especialistas consideram que só se promove a utilização deste meio de transporte se, antes, se construírem as infraestruturas necessárias.