Direita

Pedro Pinto: "O Presidente criou falsas expectativas aos timorenses, que agora vivem nas ruas"

Entrevista a Pedro Pinto (Chega)

"PR criou falsas expectativas aos timorenses. Agora vivem nas ruas"

Líder parlamentar do Chega, Pedro Pinto, questiona as palavras de Marcelo Rebelo de Sousa e o governo por não terem dado condições aos timorenses que vieram para Portugal à procura de trabalho. Propostas estruturais do Chega para o OE 2023 "custam" mais de 16 mil milhões de euros. Defende que os profissionais ligados à justiça [magistrados, advogados, etc.] não podem exercer cargos políticos e diz que a vitória da direita nos Açores foi importante porque afastou "o socialismo que corrompia o povo açoriano há mais de 20 anos".

António Costa Pinto, investigador da Universidade de Lisboa

"Direita resolveu num ano um problema de 40 anos à esquerda"

A convenção do MEL deixou claro que "não há cercas sanitárias à direita" e que há "disponibilidade para um caminho em conjunto". Mas, mesmo com novos partidos, a direita tem pela frente o desafio de saltar dos mínimos históricos de 2019 para bater não apenas o PS, como foi regra historicamente, mas os socialistas e a sua esquerda.