De sofá para sofá

Premium

De sofá para sofá

"É muito difícil fazer oposição porque fica tudo reduzido a um único assunto"

O constitucionalista e ex-deputado do PSD afirma em entrevista ao DN, a partir do sofá da sua casa, que as medidas do estado de emergências são equilibradas. Mas mostra-se preocupado com as restrições à liberdade religiosa e ao eventual encerramento dos escritórios de advogados. E afirma que a oposição tem de tirar "coelhos da cartola" para apresentar medidas no pós-pandemia.