cuidados intensivos

Covid-19

Cadeias de transmissão sem controlo

O confinamento já é dado como inevitável, mas o presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública diz que não basta. É preciso o reforço de recursos humanos prometido para se travar cadeias de transmissão, pois "só assim se evita mais infetados". Na medicina intensiva, o médico Pedro Póvoa defende o confinamento, não pelo SNS, mas para que as pessoas sejam bem tratadas.