cortes nos salários

Reunião no Parlamento

Troika nega cortes salariais, oposição diz o contrário

Subir Lall, chefe de missão do FMI, contraria intenção de reduzir o salário mínimo nacional, bem como as remunerações no sector privado. Oposição diz que a ideia é "flexibilizar despedimentos" e maioria frisa que confrontou a comitiva que faz a 10.ª avaliação ao programa de ajustamento com as declarações de Christine Lagarde, mas que os emissários da troika foram "evasivos".