consultas

Hélder Ferreira teve alta direta na primeira consulta pós-covid.

Pandemia em Portugal

"Dizia que estava preparado para a covid. Afinal, não estava"

Hélder Ferreira tem 38 anos e foi infetado pelo SARS CoV-2 em julho. Esteve 12 dias no hospital. Costumava dizer que estava preparado para o vírus. "Afinal, não estava". Carlos Cardoso, de 68 anos, testou positivo em maio. Ficou internado quase uma semana e desistiu de trabalhar. "O cansaço era muito". Cristina é doente da terceira vaga. Chegou ao hospital quase sem respirar e conta com 22 dias de internamento. Mantém a falta de ar e fadiga extrema. Os três foram avaliados na consulta pós-covid do Centro Hospitalar Lisboa Central. E todos com diagnósticos diferentes. Em três meses consulta já observou 240 doentes.

Listas de espera nos hospitais

Falta a consulta atira doente para fim da lista

Os doentes que faltam a uma consulta de especialidade nos hospitais e não apresentem justificação cabal terão de recomeçar o processo de inscrição em lista de espera. Assim, terão de voltar ao seu médico de família, de forma a ser referenciados para o hospital e esperar de novo pela consulta, o que pode demorar até cinco meses, se o prazo máximo for respeitado. Estas são as novas regras publicadas numa portaria que atualiza o regulamento da Consulta a Tempo e Horas publicado em 2008.

372 milhões de poupança nos hospitais

34% das consultas transferidas para centros de saúde

Um terço das consultas (34%) realizadas nos hospitais podem ser transferidas para os centros de saúde, bem como quase metade (45%) das urgências. Caso haja esta transferência, é possível obter poupanças de 372 millhões de euros, segundo dados do estudo "Transferência de Cuidados de Saúde Prestados em Meio Hospitalar para as Redes de Cuidados Primários e Continuados", que será apresentado amanhã. O secretário de Estado Leal da Costa estará presente na sessão.