Cinemateca

Cinema

As diferentes formas do medo na Cinemateca

Para entrar com desassombro em 2018, a Cinemateca propõe um ciclo dedicado à sensação primordial do cinema: o medo. Assim intitulado, o programa contempla esse desejo íntimo que marcou originalmente o espectador, procurando as manifestações do medo em diversas obras, sem condicionantes de género. Desde uma animação como Branca de Neve e os Sete Anões à expressão mais garrida de um filme de terror como Suspiria, de Dario Argento, muitos são os caminhos na floresta proibida que é a sala escura da Rua Barata Salgueiro. Aqui ficam algumas escolhas