Califórnia

Pela América do tio Silva

Jim Costa: "Se não fosse congressista podia ganhar a vida a ordenhar vacas"

Os avós de Jim Costa chegaram à Califórnia no início do século XX, vindos dos Açores. Começaram na indústria do leite, iniciando o negócio da família. A leitaria foi vendida há 30 anos quando o pai morreu, mas a quinta ainda produz. Mais jovem eleito no Congresso da Califórnia com 25 anos, e hoje, aos 65, congressista em Washington, os pais sempre incentivaram Costa a interessar-se pela política americana. Mas Portugal está no seu coração.

Pela América do tio Silva

O bancário de sucesso cuja família fugiu ao vulcão dos Capelinhos

Raymond Simas é responsável pela agência do HomeStreet Bank em Point Loma, San Diego, um banco regional vocacionado para servir a comunidade. Natural do Pico, nos Açores, foi para os Estados Unidos com 5 anos, mas teve sempre preocupação de manter a ligação a Portugal. Do folclore à Festa do Espírito Santo. De férias, visita o país de origem sempre que pode e costuma ter à mão o cartão do cidadão. Neste verão o DN republica algumas das reportagens integradas na rubrica sobre portugueses e luso-americanos de sucesso Pela América do Tio Silva. Este artigo foi publicado originalmente a 13 de abril de 2018