Brisa

Atropelamento com viatura do MAI

Obra na A6 onde morreu Nuno Santos não cumpria regras

Autoridade para as Condições de Trabalho e documento interno da Brisa apontam falhas de segurança na empresa Arquijardim e nos trabalhos que decorriam na A6 a 18 de junho de 2021, quando teve lugar o atropelamento do carro onde seguia Eduardo Cabrita. Estas falhas, evidenciadas também pelo depoimentos de um colega de Nuno Santos, não foram valorizadas pelo Ministério Público..