biografia

Ruy Castro

Porque desconfio das autobiografias

Às vezes, por saberem que trabalho com biografias e já produzi algumas, perguntam-me se um dia escreverei a minha autobiografia. A resposta é decididamente não. E por uma razão simples: não acredito em autobiografias. Por não acredito quero dizer que não acredito no que está escrito nelas. "Todo o ser humano se olha ao espelho e se vê num vitral", já dizia Nelson Rodrigues - que, por acaso, biografei. E há também uma razão técnica para que eu discorde até da palavra autobiografia.