autárquicas

Opinião

Costa tem medo que o PCP salte da geringonça? Ora ainda bem!

Assim que Jerónimo de Sousa anunciou a perda eleitoral pela CDU nas autárquicas, tanto políticos do PSD e CDS como vários jornalistas/comentadores em serviço para a cobertura eleitoral das televisões, rádios e sites começaram a conjeturar sobre os impactos que a derrota eleitoral (simbolicamente agravada, já de madrugada, quando se percebeu que a Câmara Municipal de Almada deixava, pela primeira vez em 43 anos, de ter um presidente comunista) poderia ter nas relações entre os partidos que formam a maioria parlamentar que apoia o executivo do Partido Socialista.