Área Metropolitana de Lisboa

COVID-19

Surtos Grande Lisboa. Hospitais dão resposta, mas estão "preocupados"

Em 15 dias, a região de Lisboa e Vale do Tejo tornou-se o foco mais preocupante da pandemia. As taxas diárias relativas ao número de novos casos de infeção estiveram quase sempre acima dos 90%. Os hospitais da região dizem ter capacidade de resposta, mas deixam um alerta: é preocupante. Tanto mais que as unidades começam a voltar ao funcionamento normal com mais urgências, cirurgias e doentes não covid-19. No hospital Amadora-Sintra e no de Loures, a situação complicou-se.