Ar Livre

Evasões

A rua de Braga onde se come de tudo como um rei

Esta rua foi criada - e nomeada - em 1892, em homenagem ao primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, mas muito mudou desde esses tempos. É agora uma das colunas vertebrais do centro histórico, a dois passos da Sé e no cerne de toda a vida que se tem desenvolvido à sua volta. «Isto não era assim. Nos últimos dois anos é que começaram a aparecer mais restaurantes e lojas», conta Paulo Pereira, proprietário da confeitaria Frigideiras da Sé, ali instalada há quase 20 anos. Em cada porta, há um espaço de comida para conhecer e, nos lugates vazios, […]

Evasões

As Aldeias do Xisto são um tesouro por descobrir

Uns dizem que primavera é a época ideal para visitar as Aldeias do Xisto; outros defendem com unhas e dentes que não há altura como o final do verão, início do outono, altura em que a vegetação, as serras, as estradas e as casas ganham uma tonalidade própria, amarelada, quase mágica. Qualquer época é boa, na verdade (perdoem-nos o lugar comum), não tivessem sido estas imagens tiradas ainda no inverno, durante o mês de fevereiro. Seja quando for, poucos meses terão o encanto de setembro, outubro e novembro, quando à beleza da região se junta a música dos veados. É […]

Evasões

Há um refúgio de natureza com animais a 20 minutos de Lisboa

Desde a Idade do Bronze que os terrenos da atual Quinta do Pisão têm ocupação humana, facto que se explica pelas condições privilegiadas de água e solo desta área integrada no Parque Natural de Sintra-Cascais, a sul da serra de Sintra. A quinta resultou da aglutinação de outras propriedade ao longo dos tempos, que nela exploraram vários recursos, sobretudo os agrossilvopastoris, mas também a produção de cal e de lanifícios. Ali foi instalado também o Albergue de Mendicidade de Lisboa-Mitra, já no século XX, o que contribuiu para manter uma atividade agrícola e florestal intensiva – cereais, mel, pinho e […]

Evasões

Guimarães: uma rua com sabores regionais e novos negócios

É o corredor de acesso de uma das portas da antiga muralha ao coração da vila e deve o nome à rainha que elevou Guimarães a cidade, faz agora 165 anos, Dona Maria II, pois claro. Numa das extremidades sente-se a agitação citadina do Largo do Toural e, na outra, no Largo da Oliveira, estão as esplanadas mais turísticas, concorridas a qualquer hora do dia. Entre eles estende-se aquela que em tempos se chamou Rua dos Mercadores – antes da homenagem à monarca -, e com boas razões para tal denominação, não fosse o fervilhante comércio que ainda hoje perdura. […]

Evasões

Os encantos do Norte em quatro novos roteiros

Os Ofícios e as Indústrias, Barroco, Artes e Arquitetura e Pelos Caminhos de Santiago são quatro novos roteiros criados pela Área Metropolitana do Porto (AMP). Os guias práticos querem dar a conhecer as memórias e identidade dos 17 município da AMP e estão organizados por etapas. O lançamento destes roteiros vem no seguimento da criação da plataforma online PIN (pin.amp.pt), que agrega informação sobre museus e monumentos classificados. Na página online podem ser consultadas informações sobre os concelhos e o seu património. Os guias estão disponíveis em formato pdf para descarregar. Disponível está também um mapa ao qual se pode […]

Evasões

Barrinha de Esmoriz: o passadiço com muito que ver e fazer

Tem piso de madeira, água sempre por perto, duas pequenas pontes, um cais flutuante, e um miradouro com um banco e vista para a barrinha, para as dunas e para o mar. É um dom da natureza que a mão humana decidiu potenciar e valorizar com lugares onde, por vezes, os azuis do céu, do oceano e da lagoa se fundem num só corpo. Neste percurso circular de oito quilómetros, há acesso direto à praia de Esmoriz, continuidade para Espinho e suas zonas balneares, várias entradas ou saídas dependendo das vontades, ao redor de uma barrinha circundada por canaviais que […]

Evasões

Passadiços de Vila do Conde: passeio junto ao mar

É junto ao mar que se faz este passeio, com o cheiro da maresia e o som das ondas a rebentar no areal, em harmonia com os assobios do vento. Os passadiços em madeira que percorrem a orla costeira de Vila do Conde – a partir da margem esquerda da foz do rio Ave – e se ligam aos do concelho de Matosinhos num percurso que se estende até ao Cabo do Mundo, mostram muito mais do que praias de areia fina. Indo para sul, o percurso começa na Azurara, onde o tempo ainda se mostra propício a banhos, pesca […]

Evasões

Lisboa: o que há para (re)descobrir na Calçada do Combro

São menos de 300 metros de extensão, mas nesta calçada entre o Largo do Calhariz e o Largo Dr. António de Sousa Macedo encontram-se sinais de importantes períodos históricos da cidade e do país. A começar pelas imponentes fachadas dos seus edifícios. O Palácio Marim-Olhão, construído no segundo quartel do século XVIII, ao início da rua, acolheu os condes de Castro Marim e os marqueses de Olhão e foi onde, mais tarde, se instalaram o Correio Geral (1801-1881), o jornal Revolução de Setembro (1849-1890), uma conservatória do Registo Civil (no início da República), a Confederação Geral do Trabalho, o jornal […]

Evasões

Tudo o que há para ver e descobrir na marginal da Nazaré

Para muitos, continua a chamar-se Marginal da Nazaré, mas a avenida que atravessa praia e se avista do Sítio rende homenagem a uma das figuras mais importantes da história da vila. Manuel Remígio (1871-1964) - também conhecido como Manuel da Eugénia, tão ao jeito das gentes da praia - foi o único de sete irmãos que não se tornou pescador, enveredando pela vida de marinheiro. Mas terá sido a dedicação à sua terra e à sua gente, particularmente o empenho na construção do Porto de Abrigo, que lhe valeu distinções várias. Esta avenida alberga uma parte importante da restauração, do […]