apartheid

Francisco George

Relatos Incompletos dos Anos 60 (II)

Como, aqui, já se viu, António Oliveira Salazar começou os Anos 60 atormentado. Mesmo muito amargurado. As suas angústias intensificaram-se ao ter sabido, no dia 19 de dezembro de 1961, que o governador Vassalo e Silva assinara a rendição incondicional das Forças Armadas Portuguesas, desobedecendo às suas ordens. Seguiu-se, imediatamente, a reintegração dos territórios de Goa, Damão e Diu na Índia. Nos meios políticos e diplomáticos internacionais houve manifestações de aprovação e simpatia a Nehru, quase unânimes, incluindo por parte dos chamados "aliados ocidentais" de Portugal. Nehru, colocou, assim, fim a 450 anos de presença de Portugal na Índia e conseguiu isolar Salazar.

Nobel da Paz sul-africano

"Não voltarei a votar no ANC", anuncia Desmond Tutu

Desmond Tutu, ex-arcebispo anglicano da Cidade do Cabo, Prémio Nobel da Paz, anunciou hoje que não votará "nunca mais no ANC", partido que liderou a luta contra o regime racista do Apartheid na África do Sul e que fez de Nelson Mandela o primeiro presidente negro do país em 1994. Tutu alerta ainda que os sul-africanos deveriam preparar-se para a morte de 'Madiba', algo que, segundo ele, pode acontecer a qualquer momento.