Ana Paula Laborinho

Opinião

Por uma cidadania plena

Assinalou-se ontem, 8 de setembro, o Dia Internacional da Alfabetização, instituído pela UNESCO há mais de cinco décadas, precisamente em 1965. Portugal tem vindo a adotar o termo inglês, literacy, em vez de"alfabetização" que aparece em quase todas as outras línguas. É interessante como a palavra usada condiciona (ou determina) a ação que lhe está associada. Enquanto a maioria dos países aproveita este dia para recordar os números persistentes de analfabetismo, o termo literacia torna mais evidente a inclusão de outras competências essenciais (a literacia digital, a literacia financeira, a literacia dos media) que aumentam a capacidade de resposta dos cidadãos aos desafios colocados pelas sociedades contemporâneas.