água

Maria da Graça Carvalho

Uma política para a água a conta-gotas

Há alguns meses, quando a quase totalidade do território nacional estava em situação de seca severa ou extrema, escrevi aqui sobre a falta de visão estratégica para a escassez de água no nosso país. Na altura o tema estava na agenda mediática, mas, como também então antecipei, o regresso da chuva devolveu o nível das barragens a valores razoáveis e varreu o assunto para o esquecimento. Em vez disso, as chuvadas de dezembro trouxeram novas (e legítimas) preocupações sobre a capacidade de escoamento de diversas zonas, nomeadamente urbanas, face às cheias.

Entrevista a Rodrigo Proença de Oliveira

"Em Portugal, o rio Tejo marca a fronteira entre o norte húmido e o sul seco"

Disponibilidades de água presentes e futuras em Portugal Continental é a primeira conferência do ciclo Diversidade Biológica, Desertificação e Sustentabilidade organizado pelo Instituto de Altos Estudos da Academia das Ciências de Lisboa. A palestra de Rodrigo Proença de Oliveira, professor no Instituto Superior Técnico, pode ser vista hoje às 18 horas por Zoom.