acidente de avião

Leonídio Paulo Ferreira

O avião russo e o olho por olho dos jihadistas

Olho por olho, foi a promessa da Al-Qaeda quando os russos começaram a bombardear na Síria os jihadistas. "A Rússia será derrotada", garantiu logo a seguir o Estado Islâmico. Um mês depois, um avião comercial russo cai no Egito e um tweet jihadista reivindica atentado. E anuncia que mais virá: "saibam ó russos que não há lugar para vós no país dos muçulmanos, nem na terra nem no ar". Quer isto dizer que foi terrorismo o que aconteceu ao Airbus A321 que seguia de Sharm el-Sheik para São Petersburgo? Talvez, mas os russos estão na mira, sem dúvida.