abstenção

Ausência

Os motivos da abstenção de três "líderes de opinião"

Foram três os professores conhecidos do grande público que ameaçaram não votar nas últimas eleições: Paulo Guinote, Carlos Abreu Amorim e João César das Neves. Os motivos que levaram à abstenção foram diferentes e houve até um dos três que, no último momento, "não fugiu ao princípio da votação". O economista João César das Neves acabou por votar apesar do "descontentamento" e da "pouca motivação", considerando que , apesar de "anormais, dado o contexto", ainda é cedo para perceber o que representarão estas eleições.