A Voz dos Anjos

Premium

A Voz dos Anjos

Os meus votos para 2020

O ano de 2018 está a dar as últimas e já pouco podemos esperar dele, fez o que pôde, mas não foi muito. O que vem a seguir também não promete grande coisa tendo em conta o que se avizinha - Brexit (ou não Brexit, ou mais ou menos Brexit), eleições várias que se preveem ao mesmo tempo histéricas e aborrecidas e nem um Mundial de futebol ou uns Jogos Olímpicos para alegrar as hostes. Perdido a velas, perdido a remos, prefiro apontar a 2020 e pedir ao futuro o que falta ao presente.

Premium

nuno camarneiro

Uma aldeia no centro da cidade

Os vizinhos conhecem-se pelos nomes, cultivam hortas e jardins comunitários, trocam móveis a que já não dão uso, organizam almoços, jogos de futebol e até magustos, como aconteceu no sábado passado. Não estou a descrever uma aldeia do Minho ou da Beira Baixa, tampouco uma comunidade hippie perdida na serra da Lousã, tudo isto acontece em plena Lisboa, numa rua com escadinhas que pertence ao Bairro dos Anjos.