Urgência de ginecologia e obstetrícia de Portimão encerra durante uma semana

O serviço de urgência de ginecologia e obstetrícia da Unidade Hospitalar de Portimão estará encerrado durante quase uma semana, por dificuldade em assegurar escalas, informou o Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA).

"Devido à dificuldade em assegurar escalas na maternidade e no bloco de partos de Portimão, o Serviço de Urgência de Ginecologia/Obstetrícia da Unidade Hospitalar de Portimão vai encerrar", entre as 21:00 desta terça-feira e as 09:00 da próxima segunda-feira, 20 de junho, anunciou a administração do centro hospitalar.

Em comunicado, o conselho de administração do CHUA acrescenta que será reorganizada "uma resposta assistencial coordenada entre as suas duas unidades hospitalares, garantindo assim a qualidade e segurança dos serviços prestados a nível regional".

E garante que a resposta assistencial regional do CHUA nestas especialidades está garantida na Unidade Hospitalar de Faro pela equipa de especialistas de Faro, a qual será reforçada com médicos da Unidade Hospitalar de Portimão.

"Todos os restantes serviços e áreas assistenciais encontram-se a funcionar em pleno", esclarece ainda o CHUA na nota.

Nos últimos dias têm-se sucedido os encerramentos das urgências de ginecologia e obstetrícia um pouco por todo o país, por dificuldades em assegurar escalas.

Na segunda-feira a ministra da Saúde, Marta Temido, anunciou um "plano de contingência" para fazer face ao problema até setembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG