Sobrevivente dos crimes de Aguiar da Beira morreu

Liliane Pinto estava internada numa unidade de cuidados paliativos, em Seia

Morreu, esta quarta-feira, a mulher sobrevivente dos crimes de Aguiar da Beira. Liliane Pinto, de 26 anos, estava internada na Unidade de Cuidados Paliativos do Hospital de Seia, desde janeiro, noticia o Jornal de Notícias.

Liliane havia sobrevivido aos crimes cometidos por Pedro Dias, tendo sido alegadamente baleada e agredida na cabeça pelo principal suspeito.

Liliane Pinto ia com o marido a caminho de uma consulta médica em Coimbra quando foi apanhada. Segundo a GNR, o suspeito intercetou o casal na EN 299 com o propósito de lhes levar o carro. Baleou ambos os ocupantes, tendo o homem morrido no local.

A mulher ficara com um traumatismo cranioencefálico grave e estava em estado vegetativo desse esse dia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG