Traficante trazia cocaína no avião disfarçada em sacos de café

No dia em que se assinala o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas, data definida pela Assembleia Geral da ONU, a PJ anuncia duas operações de combate a esta criminalidade: um detido no aeroporto e mais seis detidos por tráfico de haxixe e esctasy.

A Polícia Judiciária (PJ) informou este sábado que deteve um homem no aeroporto de Lisboa, por tráfico de cocaína disfarçada em sacos de café e que, na passada sexta-feira, tinha detido seis suspeitos traficantes que traziam droga de Espanha para Portugal.

No primeiro caso, a Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, identificou e deteve, no Aeroporto Internacional de Lisboa, um homem de 35 anos de idade, estrangeiro, sobre o qual recaem fortes suspeitas de integrar um grupo criminoso que se dedica à introdução de consideráveis quantidades de cocaína, no continente europeu, através da via aérea.

Segundo o comunicado oficial, na posse do detido, mais concretamente numa mala de viagem que o mesmo transportava, foram encontradas três embalagens de café, de 2,5 kg. cada, no interior das quais se encontrava um pó, com todas as características semelhantes ao café, incluindo o respetivo odor, mas que após a realização dos competentes exames periciais, por parte do Laboratório de Polícia Científica da Polícia Judiciária, se revelou como cocaína.

Segundo a PJ este método de dissimulação da cocaína, que foi identificado pela primeira vez a nível mundial há cerca de três anos pela Polícia Judiciária, torna extremamente difícil a identificação do estupefaciente uma vez que os testes rápidos, normalmente utilizados no terreno pelas autoridades policiais, não se revelam eficazes.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação de medidas de coação, ficando a aguardar os ulteriores termos do processo em prisão preventiva.

Operação Areia Branca

Na passada sexta-feira, a PJdesencadeou a operação "Areia Branca", visando desarticular um grupo criminoso, que nos últimos meses se vinha dedicando à distribuição, a nível nacional, de quantidades significativas de droga, adquirida no Sul de Espanha.

Avança a PJ que, no âmbito desta operação, foram localizados e detidos, em flagrante delito, cinco homens e uma mulher, com idades compreendidas entre os 32 e os 38 anos de idade, na posse de mais de dezoito quilos de canábis em folhas, seis quilos de haxixe, cerca de uma centena de comprimidos de MDMA-Ecstasy e uma pequena quantidade de cocaína.

De acordo com o comunicado da Judiciária, foram apreendidas diversas viaturas, equipamentos de telecomunicações, dinheiro, documentos e outros objetos, com relevante interesse para a prova dos factos sob investigação.

Os detidos foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo sido aplicado a quatro deles a medida de prisão preventiva, enquanto dois ficam obrigados a apresentações periódicas e proibição de contactos, com os restantes.

Lembra a PJ que se comemora neste dia 26 de junho, o Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.

A data foi definida pela Assembleia Geral da ONU através da Resolução 42/112 de 7 de dezembro de 1987, implementando recomendação da Conferência Internacional sobre o Abuso e o Tráfico Ilícito de Drogas, realizada em 26 de junho do mesmo ano.

Com esta efeméride visa-se consciencializar a população a nível mundial sobre o problema das drogas, enfatizando a necessidade de combater os problemas sociais criados pelas drogas ilícitas, além de se planearem ações de prevenção e combate às dependências e o tráfico de drogas.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG