Suspeito de violência doméstica proibido de entrar na Figueira da Foz

Homem violou uma ordem de restrição imposta pelo tribunal

Um homem indiciado por crimes de violência doméstica foi hoje proibido, por ordem judicial, de entrar no município da Figueira da Foz, onde reside a vítima, disse fonte da PSP.

O homem, na casa dos 50 anos, também residente naquela cidade do distrito de Coimbra, foi detido na terça-feira por elementos da esquadra de investigação criminal da PSP da Figueira da Foz, depois de alegadamente ter violado uma ordem de restrição imposta pelo tribunal, que o impedia de contactar a vítima.

O homem terá perseguido e agredido a ex-companheira, violando aquela e outras restrições.

O detido foi hoje presente a tribunal, em Coimbra, tendo-lhe sido aplicada a proibição de entrar na área do município da Figueira da Foz, por um período de seis meses, disse a mesma fonte.

Segundo a fonte da PSP, o homem, suspeito de dois crimes de violência doméstica e um de roubo, irá passar a residir em casa de um familiar, numa cidade do distrito de Lisboa, estando ainda obrigado a apresentações semanais às autoridades.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG