SEF detém homem que ajudava pessoas a emigrar ilegalmente para a Irlanda

"Cidadão europeu" tentava introduzir na Irlanda nove cidadãos do Médio Oriente com documentos de viagem europeus falsificados

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve esta segunda-feira, em Lisboa, "um cidadão europeu por indícios da prática do crime de auxílio à imigração ilegal", ao tentar introduzir na Irlanda nove cidadãos oriundos do Médio Oriente com documentos de viagem europeus falsificados.

De acordo com um comunicado enviado às redações, a detenção do facilitador, cuja nacionalidade não foi revelada pelo SEF, ocorreu à porta de um hotel em Lisboa, tendo na mesma altura sido detidos nove cidadãos estrangeiros quando se preparavam para embarcar para a Irlanda, pela prática do crime de uso de documento falsificado.

Toda a situação foi acompanhada de perto por elementos da Direção de Fronteiras de Lisboa, tendo resultado na deteção e identificação dos cidadãos estrangeiros junto da porta de embarque.

Esta atividade ilícita poderá estar relacionada com uma rede criminosa organizada de cariz internacional a atuar na Europa, uma vez que "o modus operandi encontra-se referenciado e tem sido partilhado entre esta autoridade de fronteira e as suas congéneres europeias e Interpol".

Os detidos serão presentes esta quarta-feira a Tribunal.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG