Santuário acredita na canonização de Francisco e Jacinta este ano

"Há condições para novidades" na canonização de Francisco e Jacinta, disse o reitor do Santuário

O reitor do Santuário de Fátima disse hoje existirem condições ao longo deste ano para que haja novidades sobre o processo de canonização dos beatos Francisco e Jacinta.

Carlos Cabecinhas sublinhou, ainda, que esse eventual anúncio seria um elemento particularmente festivo se acontecesse aquando da visita do papa Francisco a Fátima, a 12 e 13 de maio.

"Pensamos que é expectável que haja novidades ao longo deste ano em relação ao processo de canonização dos beatos Francisco e Jacinta -- em relação a Lúcia é diferente, só agora terminou o seu processo diocesano. É um processo complexo e não é expectável qualquer novidade ao longo deste ano. Em relação a Francisco e Jacinta, de facto há condições para que haja novidades. Se vai haver ou não, também estamos na expectativa", disse o reitor, em declarações aos jornalistas.

Esperamos que possamos este ano poder contar com alguma novidade

À margem das I Jornadas de Comunicação Social do Santuário de Fátima, que hoje se realizam nesta cidade, Carlos Cabecinhas disse, também, que a acontecer algum anúncio "seria um elemento festivo particularmente importante".

Já o bispo de Leiria/Fátima, António Marto, disse que o papa "é um homem das surpresas" e que em Fátima "deixará uma mensagem de paz".

O papa Francisco vai estar menos de 24 horas em Portugal na peregrinação de maio a Fátima e tem previstos encontros com o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e com o primeiro-ministro, António Costa.

O programa da peregrinação de Francisco para o centenário das aparições prevê um "encontro privado" com Marcelo Rebelo de Sousa na Base Aérea de Monte Real, a 12 de maio, e com António Costa, na manhã de dia 13.

Depois de aterrar às 16:20 de 12 de maio na Base Aérea de Monte Real, o papa visita a capela da base, antes do encontro privado com Marcelo Rebelo de Sousa.

Segue depois em helicóptero até ao estádio de Fátima, deslocando-se numa viatura aberta até ao santuário.

Às 18:15, tem prevista a primeira oração, na Capelinha das Aparições. À noite, fará uma saudação durante a Bênção das Velas, também na capela.

A manhã de sábado, 13 de maio, começa com um encontro com o primeiro-ministro, António Costa, e com uma visita à Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima.

Pelas 10:00, começa a missa no recinto do santuário, com uma homilia de Francisco, além de uma saudação aos doentes.

O papa almoça com os bispos portugueses na Casa Nossa Senhora do Carmo, estando prevista a cerimónia de despedida na base de Monte Real para as 14:45 e a partida do avião de volta a Roma para as 15:00.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG