Rui Moreira não está interessado em receber a Eurovisão

Presidente da Câmara do Porto falou das verbas associadas e ainda que o festival não é "muito importante" para a cidade

Rui Moreira, presidente da Câmara do Porto, afirmou esta terça-feira que não está interessado em que a sua cidade receba o Festival da Eurovisão 2018. Numa reunião da sua equipa, que decorreu esta terça-feira, afirmou que "não é uma coisa muito importante" para a cidade.

De acordo com o Jornal de Notícias, a despesa de "30 ou 40 milhões de euros" não interessa ao autarca, que terá confessado que os valores indicados para a realização do festival o deixaram estupefacto.

Disse ainda que a RTP tem um orçamento relativamente parecido com o da Câmara do Porto e que a Eurovisão implicaria um investimento de cerca de 15% do dinheiro que é gasto anualmente. "Com esse dinheiro construíamos um sítio", terá dito, de acordo com o JN.

Acrescentou ainda que se houver uma cidade disposta a acolher o evento, é essa mesma cidade que o deve pagar.

Mas Moreira afasta mesmo o Porto da organização da Eurovisão 2018, caso a cidade a organizar o evento tenha que o pagar. Diz que "em caso de concurso público" e a ter de gastar 30 ou 40 milhões de euros, "então não obrigado". "Não precisamos", disse de acordo com o mesmo jornal.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.