Quatro feridos em explosão numa garagem na Pontinha

Os feridos ligeiros são bombeiros. Os graves serão assaltantes

Uma explosão, seguida de incêndio, ocorrida hoje de madrugada numa garagem na Pontinha, concelho de Odivelas, provocou dois feridos graves e dois ligeiros, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Lisboa.

Segundo a mesma fonte, os feridos foram todos transportados para o Hospital Beatriz Ângelo, em Loures.

Uma fonte do Comando Metropolitano de Lisboa (Cometlis) da PSP confirmou que, cerca das 03:30, as autoridades foram alertadas para "uma situação do barulho de uma explosão" na dependência de um posto de abastecimento de combustíveis.

Quando a PSP chegou ao local encontrou "dois homens, de 25 e 23 anos", que sofreram ferimentos em consequência do rebentamento nas instalações que prestam "apoio administrativo" ao posto de combustíveis.

Os bombeiros da Pontinha foram chamados para combater o incêndio na antiga garagem e, "quando combatiam as chamas, dois bombeiros foram atingidos por uma segunda explosão", adiantou a fonte do Cometlis.

Contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros Voluntários da Pontinha, Paulo Rocha, adiantou que um dos feridos ligeiros "já teve alta" e o outro "está no hospital em observação e deverá sair ao final do dia".

Segundo a PSP, a Polícia Judiciária já esteve no local a recolher elementos para investigar o que esteve na origem da explosão.

De acordo com a edição online do jornal Correio da Manhã, a garagem serve de apoio a uma bomba de gasolina e o incidente terá ocorrido numa tentativa de assalto.

O diário refere ainda que os dois feridos graves são os alegados assaltantes.

Exclusivos