PSP do Porto detém "burlões dos trocos"

Esquema é cada vez mais frequente: assaltantes pagam com notas de 100 euros, trocam produto e não devolvem troco na totalidade

A PSP do Porto deteve dois estrangeiros por burla num café daquela cidade, depois de terem pago um serviço de baixo custo com uma nota de 100 euros, informou hoje fonte daquela força.

A mesma fonte explicou que, após terem pago e recebido o troco, os homens alegaram que não estavam satisfeitos com o valor e anularam a compra.

Devolveram o produto e apenas uma pequena parte do troco, ausentando-se imediatamente do local.

"É uma burla cada vez mais frequente, esta de armar confusão com os trocos", referiu a fonte.

O dono do café só mais tarde é que se apercebeu que tinha sido burlado, comunicando o caso à PSP.

A PSP refere, em comunicado, que, na sequência de diligências que entretanto efetuou, foi possível apurar que os detidos já tinham tentado fazer o mesmo noutros estabelecimentos.

Os detidos, de 17 e 30 anos, tinham na sua posse 240 euros, que lhes foram apreendidos.

Entre as 07:00 de segunda-feira e as 07:00 de terça-feira, a PSP do Porto deteve mais 13 pessoas, duas delas por tráfico de estupefacientes.

Os alegados traficantes, um homem e uma mulher, tinham na sua posse 143 doses individuais de heroína e cocaína.

As outras detenções foram por injúrias a agentes da autoridade, condução de veículo sem habilitação legal, condução sob efeito do álcool, posse de arma proibida e uma por mandado.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG