Pedia para tirar selfies com estudantes e assaltava-os

Suspeito de 35 anos atuava na estação ferroviária de Roma-Areeiro e nas imediações e já foi detido pela PSP

Um homem de 35 anos foi detido pela polícia, suspeito de seis roubos com ameaça de arma branca, após abordar as vítimas a quem pedia para tirar uma 'selfie', anunciou hoje o comando metropolitano de Lisboa da PSP.

Segundo informou em comunicado o comando metropolitano, a Divisão de Segurança a Transportes Públicos da PSP deteve, pelas 13:00 de sexta-feira, na freguesia de Santa Maria Maior, em Lisboa, o suspeito de seis assaltos na estação ferroviária de Roma-Areeiro e nas imediações.

"O detido abordava as vítimas, sempre jovens estudantes, no interior da estação e nos acessos a quem pedia para tirar uma 'selfie', levando-as para lugares mais isolados", com o pretexto de serem ideais para tirar os autorretratos, explicou a nota da PSP.

O suspeito, quando tinha a oportunidade, ameaçava as vítimas "com uma navalha e roubava-lhes dinheiro, telemóveis, [leitores de] MP3, auscultadores, entre outros artigos".

O homem, em duas situações, "atuou na companhia de uma mulher, que o ajudava a manter este chamariz e, além dos telemóveis, roubou também os cartões multibanco às vítimas, obrigando-as a dar os códigos secretos", referiu a nota policial.

"A PSP iniciou as investigações quando percebeu que este tipo de roubo estava a acontecer naquele local e, na posse das descrições e características dadas pelas jovens vítimas, veio a localizar o suspeito", adiantou o comando metropolitano.

As autoridades apreenderam ao homem dois telemóveis, um relógio e auscultadores roubados, entregues aos proprietários, e as investigações prosseguem para confirmar a suspeita da autoria de outros roubos no interior de transportes públicos.

O detido, com antecedentes criminais pelo mesmo tipo de crime, pelos quais cumpriu pena de prisão, foi presente a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa, que lhe aplicou como medida de coação a prisão preventiva.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG