Portugal teve mais bebés em agosto

Em relação a agosto de 2021, mais 378 bebés foram registados em agosto de 2022, correspondendo a um aumento de 5,3%, avisou o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Portugal registou um aumento no nascimento de bebés em agosto (5,3%) em relação ao mesmo mês do ano passado, revelou esta sexta-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE), ao divulgar os dados vitais da população.

Em agosto de 2022, registaram-se 7.537 nados-vivos, correspondendo a um aumento de 5,3% relativamente a agosto de 2021 (7.159).

Porém, o saldo natural continuou negativo (-1.702), "agravando-se em relação ao do mês homólogo de 2021", quando registou o valor de -1.305.

Em setembro, o número de óbitos (8.705) foi inferior ao registado em agosto (menos 576 mortes; -2,2%), mas superior ao observado em setembro de 2021 (mais 132 óbitos; +1,5%).

Este ano, entre janeiro e setembro, registaram-se 92.724 óbitos, menos 1.186 do que no período homólogo de 2021 (-1,3%).

No mês passado, o número de óbitos devido à covid-19 diminuiu para 178 (menos 50 do que em agosto de 2022), representando 2,0% do total de óbitos, segundo o INE.

Comparativamente a setembro de 2021, registou-se uma diminuição de 45 óbitos por covid-19.

Nos primeiros oito meses de 2022, o valor acumulado do saldo natural foi -29.871, "apresentando um desagravamento" relativamente ao valor observado no mesmo período de 2021 (-33.052).

Em agosto de 2022, celebraram-se 4.860 casamentos, mais 248 (5,4%) relativamente a agosto de 2021.

Nos primeiros oito meses de 2022, foram celebrados 23.755 matrimónios, mais 6.228 do que no período homólogo de 2021.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG