PJ do norte detém suspeita de lucrar "milhares de euros" em negócios fraudulentos

A suspeita de 46 anos atuava na zona do Porto e não trabalhava

A Diretoria do Norte da Polícia Judiciária anunciou hoje a detenção de uma mulher que terá consumado burlas de "milhares de euros" em negócios de casas, terrenos e veículos.

"A detida, falsificando documentos, procedeu à venda de bens imóveis (casas e terrenos) e mobiliários (viaturas), apropriando-se depois dos montantes monetários resultantes dessas transações, assim apoderando-se de dezenas de milhares de euros", indica a polícia, em comunicado.

Os crimes de burla qualificada foram todos concretizados no Grande Porto e a alegada autora é uma mulher de 46 anos de idade, sem ocupação laboral e residente em Vila Nova de Gaia.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG