PJ deteve suspeito de abusar de criança de 12 anos sua familiar no Porto

Suspeito foi detido em flagrante delito pela presumível autoria de crimes de pornografia de menores e abuso sexual de crianças.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve no Porto um homem, de 48 anos, suspeito de ter abusado sexualmente de uma criança de 12 anos, sua familiar, informou esta sexta-feira (10 de dezembro) aquele órgão de polícia criminal.

Em comunicado, a PJ esclarece que o suspeito, um cidadão estrangeiro com "antecedentes policiais por estupefacientes", foi detido pela presumível autoria de crimes de pornografia de menores e abuso sexual de crianças ocorridos, pelo menos, desde dezembro de 2016, de que terá sido vítima um familiar próximo.

"A investigação teve início na sinalização pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens relativa à revelação de alegados abusos sofridos por uma menor do sexo feminino, quando teria apenas 12 anos de idade, por um seu familiar. Foi também sinalizada a possibilidade deste agressor ser um consumidor de conteúdos digitais de abuso e exploração sexual de crianças", refere a mesma nota.

Na sequência de diligências de obtenção de prova realizadas na quinta-feira (9), os inspetores da Judiciária detetaram na posse do arguido milhares de ficheiros contendo pornografia envolvendo menores, pelo que o mesmo foi detido em flagrante delito.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG