Sociedade
17 fevereiro 2022 às 00h15

"Para a prevenção é nefasto chamar terrorismo ao caso do João e não o fazer na violência da extrema-direita"

Cátia Moreira de Carvalho é investigadora de psicologia social na área do terrorismo e na prevenção da radicalização. É doutoranda da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto e perita da Radicalisation Awareness Network da Comissão Europeia. Critica a "irresponsabilidade" de se libertar informação alarmista.