Mulheres trabalham mais do que os homens

Relatório do Fórum Económico Mundial revela que desigualdade de género aumentou. Mulheres portuguesas trabalham mais 90 minutos por dia do que os homens

As mulheres trabalham em média mais 50 minutos por dia do que os homens, mas no caso português este número aumenta para cerca de 90 minutos por dia. Fazendo as contas, as portuguesas trabalham mais 22,5 dias por ano do que os homens.

A conclusão é do Global Gender Gap, o relatório anual sobre as desigualdades de género realizado pelo Fórum Económico Mundial. O documento revela que, a este ritmo, a igualdade de género nos salários e oportunidades de emprego só será atingida daqui a 170 anos, ou seja, em 2186.

Em 2015, as estimativas apontavam para o ano 2133, o que prova que houve um retrocesso a nível global. Além disso, os especialistas afirmam no documento que não encontravam níveis de desigualdade tão altos desde o ano de 2008.

A este ritmo, a igualdade de género nos salários e oportunidades de emprego só será atingida daqui a 170 anos

O relatório mediu o número de minutos que homens e mulheres trabalham em vários países e se esse tempo é pago ou não. Concluiu que as mulheres trabalham mais tempo e continuam a receber menos do que os homens na maioria dos países. São a exceção a Suécia, Dinamarca, Nova Zelândia, Noruega, Holanda e Japão, onde as mulheres tendem a trabalhar menos tempo do que os homens.

Em termos gerais, Portugal aparece em 31º lugar do ranking mundial sobre a igualdade do género. Este ranking que mede a participação económica das mulheres e as oportunidades, nível de escolaridade, a saúde e a sobrevivência e o poder político das mulheres.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG