Número de infetados com legionella sobe para 48

Seis dos doentes estão internados em Unidades de Cuidados Intensivos. Cinco pessoas já perderam a vida

O número de casos confirmados de doença dos legionários do surto no Hospital São Francisco Xavier, em Lisboa, subiu para 48, mais dois relativamente ao balanço anterior, anunciou hoje a Direção-geral da Saúde (DGS).

Num balanço feito às 12:30, a DGS informa que seis doentes com legionella estão internados em Unidades de Cuidados Intensivos e cinco pessoas morreram.

Há ainda 28 infetados (58% do total de infetados) que estão internados em enfermarias, enquanto 34 (71%) já tiveram alta clínica, adianta a DGS num comunicado publicado no seu 'site'.

Segundo a Direção-Geral da Saúde, a maioria dos infetados (28) são mulheres e 34 têm idade igual ou superior a 70 anos, sendo que todos têm "história de doença crónica e/ou fatores de risco".

A legionella é uma bactéria responsável pela doença dos legionários, uma forma de pneumonia grave que se inicia habitualmente com tosse seca, febre, arrepios, dor de cabeça, dores musculares e dificuldade respiratória, podendo também surgir dor abdominal e diarreia. A incubação da doença tem um período de cinco a seis dias depois da infeção, podendo ir até 10 dias.

A infeção pode ser contraída por via aérea (respiratória), através da inalação de gotículas de água ou por aspiração de água contaminada. Apesar de grave, a infeção tem tratamento efetivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG