Veja aqui o final apoteótico da Cassini. Sonda despenha-se em Saturno

Se tudo correr como planeado, quando forem 12.55 em Portugal, a sonda Cassini vai incendiar-se na atmosfera de Saturno, após uma série de 22 mergulhos inéditos entre o planeta e os anéis que começou em abril

Vinte anos após ter sido lançada no espaço, a sonda deixará de emitir sinais, mas só 83 minutos após o mergulho no planeta é que a Terra receberá os últimos dados recolhidos. "Será como um eco", disse Earl Maize, responsável pelo projeto Cassini no Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, em Pasadena, na Califórnia.

A Nasa está a emitir em direto o acontecimento. Veja aqui:

É o final de uma missão que nos últimos 13 anos revelou informações importantes sobre Saturno, as suas Luas e os seus anéis. Até então, nunca nenhuma nave tinha estado tão próxima do planeta.