As vacas sabem nadar? Uma vacaria flutuante vai nascer no maior porto da Europa

Ideia inovadora serve para mostrar caminhos para alimentar cidades cada vez maiores e com mais pessoas

Roterdão, na Holanda, será a primeira cidade do mundo a possuir uma quinta flutuante. O projeto inovador, que custará 2,5 milhões de euros, colocará 40 vacas numa plataforma de 1200 metros quadrados no porto da cidade, o maior da Europa. A construção está planeada para o outono.

Por dia, espera-se que a vacaria flutuante produza mais de mil litros de leite que serão posteriormente pasteurizados e transformados em iogurtes num dos pisos da construção. O edifício surpreendente será erguido com betão leve, molduras de aço galvanizado e uma membrana que absorverá a urina dos bovinos. As vacas poderão passear entre os seus cubículos, a área de ordenha e uma pequena pastagem em terra firme.

Os criadores explicam ao The Guardian que o sistema fechado promoverá ainda a reciclagem da urina dos animais, que será purificada e usada para regar os trevos vermelhos, a relva e a alfafa que alimentarão as vacas, e do estrume, que será enviado para quintas próximas. Painéis solares instalados no topo da plataforma fornecerão a energia necessária para o funcionamento da quinta. Klaas van der Molen, arquiteto da equipa de design deste projeto, acredita que os bovinos serão felizes.

A vacaria será o paradigma para a alimentação de cidades cada vez mais populosas e urbanizadas. "[A quinta] é um exemplo de economia circular, um conceito que será certamente aplicado a outras cidades", sublinha Adriaan Visser, vice-prefeito do conselho municipal de Roterdão.

Atualmente, 54% da população mundial vivem em cidades e áreas urbanas, um número que deve aumentar para 66% até 2050, segundo dados das Nações Unidas. Na Holanda esta percentagem já é de 90% - e na vizinha Bélgica, por exemplo, sobe para 98%.

Os criadores estão ainda a projetar uma estufa flutuante, bem como um espaço com as mesmas características onde as galinhas podem por ovos.

Ler mais

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.

Premium

Diário de Notícias

A ditadura em Espanha

A manchete deste dia 19 de setembro de 1923 fazia-se de notícias do país vizinho: a ditadura em Espanha. "Primo de Rivera propõe-se governar três meses", noticiava o DN, acrescentando que, "findo esse prazo, verá se a opinião pública o anima a organizar ministério constitucional". Explicava este jornal então que "o partido conservador condena o movimento e protesta contra as acusações que lhe são feitas pelo ditador".