Táxi substitui autocarro numa carreira que apenas serve duas crianças

A experiência da empresa de transportes poderá ser repetida em outros trajetos

Os Transportes Urbanos de Braga (TUB) substituíram autocarros por táxis numa carreira que "apenas serve duas crianças" nas deslocações de e para a escola.

Em declarações à Lusa, um dos administradores da empresa municipal de transportes da autarquia bracarense, Teotónio Santos, disse que se trata de uma "experiência pioneira" que pode ser replicada noutros trajetos, visando "poupança, conforto e flexibilidade" no serviço de transportes.

Teotónio Santos explicou que a carreira entre Ruilhe, "uma das freguesias limítrofes do concelho", e Tadim, é feita para cumprir a obrigação de assegurar o transporte escolar de duas crianças, "que iam sozinhas num autocarro de pelo menos 23 lugares (minibus), que fazia 72 quilómetros por dia".

Os autocarros foram, desde setembro e durante o primeiro período escolar, substituídos por um táxi, que assegura o transporte das duas crianças, fazendo um percurso de 45 quilómetros por dia.

"Há redução de quilómetros e de consumo - porque obviamente, um táxi consome menos que um autocarro, mesmo dos mais pequenos -, o que é bom para ambiente e positivo numa ótica de sustentabilidade", defendeu o responsável.

Segundo explicou, "um minibus gasta cerca de 20 litros aos 100, um táxi nem metade" pelo que, disse, "a diferença enorme e ninguém fica prejudicado".

Teotónio Santos destacou que "esta é uma forma eficaz de assegurar e garantir o serviço, mas de forma muito mais económica".

Ler mais

Exclusivos