Queda de árvore faz mortos e feridos na Madeira

Acidente aconteceu durante o arraial do Monte, Funchal. Número de mortos pode ultrapassar a dezena. PR vai hoje à Madeira

Uma árvore de grande porte caiu esta terça-feira sobre a multidão que se deslocara ao arraial de Nossa Senhora do Monte, na freguesia do Monte, concelho do Funchal, na ilha da Madeira.

A RTP adianta que a queda da árvore poderá ter feito pelo menos onze mortos e cerca de três dezenas de feridos, alguns em estado grave. Nenhum destes números foi confirmado oficialmente pelas autoridades. O Jornal da Madeira refere que entre os mortos haverá uma criança.

Uma conferência de imprensa vai realizar-se pelas 16:30 na sede da Proteção Civil da Madeira e só então deverá ser avançado o balanço oficial do acidente. O Presidente da República, avança a SIC Notícias, irá deslocar-se ainda esta terça-feira ao Funchal. Deverá chegar pelas 19:30, num voo proveniente de Faro.

Muitas das pessoas que se encontravam no Monte, no Largo da Fonte, aguardavam a saída da procissão da igreja, que foi entretanto cancelada. A árvore caiu passaria pouco do meio-dia desta terça-feira. Tratar-se-á de um carvalho com cerca de 200 anos, que caiu pela raiz. Relatos de testemunhas indicam que a árvore estaria presa com cabos de aço e que o tronco estava oco.

Um vídeo amador mostra o momento em que a árvore cai sobre as pessoas que se encontravam no largo (veja quando faltarem 5:45 para o final).

Contactada pelo DN, fonte da Proteção Civil da Madeira não quis adiantar pormenores, revelando apenas que nesta altura está a ser prestado o auxílio às vítimas. A mesma fonte remeteu mais informações para uma comunicação oficial a ser divulgada mais tarde.

Fonte no local disse à agência Lusa que a árvores tombou na zona onde está um ponto onde são vendidas velas e onde estavam concentradas muitas pessoas.

No local estão os responsáveis de várias entidades governamentais, religiosas e militares, entre as quais o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, o secretário da Saúde, Pedro Ramos, que tutela a Proteção Civil Regional, o responsável da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e o bispo do Funchal. O primeiro-ministro, António Costa, já reagiu à queda da árvore de grande porte. Em comunicado, divulgado através do Twitter, Costa expressou as condolências pelo acidente e revelou que o governo disponibilizou apoio médico face ao elevado número de vítimas.

No ano passado as festividades de caráter mais profano deste arraial foram canceladas devido aos incêndios que afetaram o Funchal na segunda semana de agosto.

O arraial do Monte é considerado a maior festa da Madeira, contando com a presença das entidades regionais, incluindo o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, nas celebridades religiosas.

Com Lusa

Em atualização

Ler mais

Exclusivos

Adolfo Mesquita Nunes

Premium Derrotar Le Pen

Marine Le Pen não cativou mais de dez milhões de franceses, nem alguns milhões mais pela Europa fora, por ter sido estrela de conferências ou por ser visita das elites intelectuais, sociais ou económicas. Pelo contrário, Le Pen seduz milhões de pessoas por ter sido excluída desse mundo: é nesse pressuposto, com essa medalha, que consegue chegar a todos aqueles que, na sequência de uma crise internacional e na vertigem de uma nova economia digital, se sentem excluídos, a ficar para trás, sem oportunidades.

João Taborda da Gama

Premium Temos tempo

Achamos que temos tempo mas tempo é a única coisa que não temos. E o tempo muda a relação que temos com o tempo. Começamos por não querer dormir, passamos a só querer dormir, e por fim a não conseguir dormir ou simplesmente a não dormir, antes de passarmos o resto do tempo a dormir, a dormir com os peixes. A última fase pode conjugar noites claras e tardes escuras, longas sestas de dia com um dormitar de noite. Disse-me um dia o meu barbeiro que os velhotes passam a noite acordados para não morrerem de noite, e se ele disse é porque é.