Queda de árvore faz mortos e feridos na Madeira

Acidente aconteceu durante o arraial do Monte, Funchal. Número de mortos pode ultrapassar a dezena. PR vai hoje à Madeira

Uma árvore de grande porte caiu esta terça-feira sobre a multidão que se deslocara ao arraial de Nossa Senhora do Monte, na freguesia do Monte, concelho do Funchal, na ilha da Madeira.

A RTP adianta que a queda da árvore poderá ter feito pelo menos onze mortos e cerca de três dezenas de feridos, alguns em estado grave. Nenhum destes números foi confirmado oficialmente pelas autoridades. O Jornal da Madeira refere que entre os mortos haverá uma criança.

Uma conferência de imprensa vai realizar-se pelas 16:30 na sede da Proteção Civil da Madeira e só então deverá ser avançado o balanço oficial do acidente. O Presidente da República, avança a SIC Notícias, irá deslocar-se ainda esta terça-feira ao Funchal. Deverá chegar pelas 19:30, num voo proveniente de Faro.

Muitas das pessoas que se encontravam no Monte, no Largo da Fonte, aguardavam a saída da procissão da igreja, que foi entretanto cancelada. A árvore caiu passaria pouco do meio-dia desta terça-feira. Tratar-se-á de um carvalho com cerca de 200 anos, que caiu pela raiz. Relatos de testemunhas indicam que a árvore estaria presa com cabos de aço e que o tronco estava oco.

Um vídeo amador mostra o momento em que a árvore cai sobre as pessoas que se encontravam no largo (veja quando faltarem 5:45 para o final).

Contactada pelo DN, fonte da Proteção Civil da Madeira não quis adiantar pormenores, revelando apenas que nesta altura está a ser prestado o auxílio às vítimas. A mesma fonte remeteu mais informações para uma comunicação oficial a ser divulgada mais tarde.

Fonte no local disse à agência Lusa que a árvores tombou na zona onde está um ponto onde são vendidas velas e onde estavam concentradas muitas pessoas.

No local estão os responsáveis de várias entidades governamentais, religiosas e militares, entre as quais o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, o secretário da Saúde, Pedro Ramos, que tutela a Proteção Civil Regional, o responsável da Câmara Municipal do Funchal, Paulo Cafôfo, e o bispo do Funchal. O primeiro-ministro, António Costa, já reagiu à queda da árvore de grande porte. Em comunicado, divulgado através do Twitter, Costa expressou as condolências pelo acidente e revelou que o governo disponibilizou apoio médico face ao elevado número de vítimas.

No ano passado as festividades de caráter mais profano deste arraial foram canceladas devido aos incêndios que afetaram o Funchal na segunda semana de agosto.

O arraial do Monte é considerado a maior festa da Madeira, contando com a presença das entidades regionais, incluindo o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, nas celebridades religiosas.

Com Lusa

Em atualização

Ler mais

Exclusivos