Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira vai para os Passadiços do Paiva

Obra em Arouca foi distinguida com o Troféu Siza Vieira

Os Passadiços do Paiva foram premiados na quarta edição do Prémio Nacional de Arquitetura em Madeira de 2017. A cerimónia de entrega do prémio realizou-se esta sexta-feira no Museu da Ciência da Universidade de Coimbra.

A obra é do arquiteto Nuno Martins Melo, com o galardão a ser entregue ao proprietário dos Passadiços, a Câmara Municipal de Arouca, e à empresa que a construiu, a Domingos da Silva Teixeira, Sa., que foram escolhidos com "Distinção e Louvor".

O percurso em Arouca, inaugurado a junho de 2015, tem 8 quilómetros e estende-se na margem esquerda do Rio Paiva.

Entregue pelo ministro Adjunto Eduardo Cabrita, o prémio é um cheque de dez mil euros e o Troféu Siza Vieira.

No ano que passou, os Passadiços do Paiva foram também premiados naqueles que são considerados os Óscares do turismo, os World Travel Awards, como o projeto mais inovador da Europa.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.