Praticante de parkour morre em acidente no metro de Paris

O britânico Nye Frankie Newman, de 17 anos, teve acidente num comboio no metropolitano da capital francesa

Um praticante de parkour morreu no dia 1 de janeiro, depois de um acidente num comboio no metropolitano de Paris, anunciou o seu grupo Brewman Parkour, de acordo com a BBC. Na página do Facebook dos praticantes deste desporto radical há vários manifestações de pesar pela morte de Nye Frankie Newman, de 17 anos.

Este corredor livre britânico era um jovem "inspirador" de Guildford, uma cidade do condado de Surrey, a menos de 50 quilómetros de Londres, que participava neste prática em que as pessoas escalam e saltam sobre obstáculos e edifícios.

Segundo a BBC, Luke Stones, um membro do grupo Brewman Parkour, rejeitou sugestões de que Newman estivesse a 'surfar' comboios no momento de sua morte. A causa da morte de Newman ainda não é conhecida, adiantou o site da televisão britânica.

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico informou que estava a ser dado "apoio à família de um cidadão britânico após a sua morte na França", sem adiantar mais pormenores.

Luke Stones descreveu Newman como "um ser humano incrível" e que "experimentou coisas na sua curta vida que muitos não experimentarão em toda a sua vida". Segundo o amigo de Nye, este sempre teve uma "perspetiva positiva" e "inspirou muitas pessoas através de seu estilo de vida entusiasta".

Ler mais

Exclusivos