Polícia Judiciária encontra 344 mil dólares escondidos numa mata

O dinheiro estava em notas de cem, "presumivelmente falsas"

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, apreendeu 344 mil dólares em notas de cem, "presumivelmente falsas", segundo anunciou em comunicado.

As notas estavam "devidamente acondicionadas, cintadas e dissimuladas" numa zona de pinhal, perto da Moita, distrito de Setúbal.

Segundo o comunicado enviado pela Judiciária, continuam as investigações acerca das notas encontradas, para procurar esclarecer os factos e identificar os intervenientes nestas circunstâncias.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.