PJ investiga movimentos das adolescentes encontradas mortas em Montemor-o-Velho

Suspeita-se que as meninas tenham sido colhidas por um comboio

As duas adolescentes de 13 e 14 anos que estavam a ser procuradas pela PJ foram encontradas mortas esta sexta-feira, junto à linha do comboio. Fonte da Judiciária confirmou ao DN que ambas foram colhidas por um comboio sem que haja indícios de intervenção de terceiros.

A polícia Judiciária começou a investigar o incidente e para isso vai analisar os telemóveis das vítimas.

O comando distrital da GNR de Coimbra explicou à Lusa que as duas raparigas foram encontradas mortas próximo do apeadeiro de Vila Nova de Anços, no concelho de Soure, numa vala paralela à Linha do Norte, no corredor ferroviário.

A mesma fonte adiantou que os corpos foram encontrados por uma patrulha da GNR, cerca das 15:00, quando efetuavam uma batida pela linha férrea.

As raparigas saíram na quarta-feira à tarde de Montemor-o-Velho para passear em Coimbra e deveriam ter regressado de comboio às 20:30, o que não aconteceu.

Segundo fonte do comando distrital da GNR, que recebeu o alerta dos pais na quarta-feira à noite, as duas adolescentes chegaram a entrar, na estação de Coimbra-B, no comboio suburbano que chegaria a Montemor-o-Velho cerca das 20:30.

A mesma fonte adiantou que as jovens não saíram do comboio no apeadeiro de Montemor-o-Velho, motivo que levou os pais a alertaram a GNR e a PSP depois de não as conseguirem contactar por telemóvel.

Ler mais

Exclusivos