PJ deteve explicador suspeito de abusar de várias menores

Detido é um cidadão estrangeiro, que se encontra radicado com a família em Portugal há vários anos

A Polícia Judiciária (PJ) de Aveiro anunciou hoje a detenção de um homem, de 44 anos, suspeito de ter abusado sexualmente de várias meninas, com idades entre os 9 e 10 anos, a quem dava explicações.

Em comunicado, a PJ refere que o detido é um cidadão estrangeiro, que se encontra radicado com a família em Portugal há vários anos.

"Foram colhidos indícios de que a conduta delituosa perdurava desde há cerca de três anos, tendo sido identificadas até ao momento pelo menos sete vítimas", refere a PJ.

De acordo com a mesma fonte, a investigação vai prosseguir no sentido de determinar a existência de outras vítimas.

O detido, que está indiciado por crimes de abuso sexual de crianças agravado, foi presente a primeiro interrogatório judicial tendo ficado proibido de contactar as vítimas e de frequentar o centro de explicações onde trabalhava.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.