PJ detém em São Miguel três homens suspeitos de rapto de jovem

O homem foi abordado na via pública e obrigado a entrar num carro. Depois foi levado para um lugar resguardado e agredido

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de três homens suspeitos de terem raptado um jovem na ilha de São Miguel, nos Açores, "com o propósito de o extorquirem".

Segundo o Departamento de Investigação Criminal de Ponta Delgada da PJ, a vítima, um homem de 20 anos, foi abordado na via pública pelos suspeitos, que "o obrigaram com violência a entrar no automóvel que utilizavam, levando-o para um local resguardado, onde o agrediram com a intenção de obter dele um pagamento".

Fonte da PJ adiantou à Lusa que "os factos ocorreram no início da semana no concelho da Ribeira Grande" e que os detidos ainda vão ser presentes a tribunal para primeiro interrogatório judicial e para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Os três suspeitos detidos, "sem ocupação laboral certa e um deles com antecedentes criminais", têm idades compreendidas entre os 29 e os 46 anos, segundo o comunicado.

Exclusivos