PJ apreende 51 quilos de cocaína num avião no aeroporto

Aeronave fazia a ligação regular entre Caracas, na Venezuela, e Lisboa

A Polícia Judiciária (PJ) apreendeu, no aeroporto de Lisboa, mais de 51 quilos de cocaína que estavam dissimulados em compartimentos técnicos dos porões de uma aeronave que fazia a ligação regular entre Caracas, na Venezuela, e a capital portuguesa.

Segundo adiantou a PJ, os 51,300 quilogramas de cocaína apreendida no aeroporto Humberto Delgado estavam dissimulados em compartimentos técnicos existentes nos porões de carga de uma aeronave da companhia aérea nacional utilizada na linha regular de transporte de passageiros entre Caracas e Lisboa.

De acordo com os elementos recolhidos pela investigação, a cargo da Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes, a cocaína apreendida, que apresentava um elevadíssimo grau de pureza e cujo valor nos circuitos ilícitos de distribuição poderia ultrapassar os cinco milhões de euros, tinha como destino final outros países europeus.

De acordo com a PJ, as investigações prosseguem.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Nuno Artur Silva

Notícias da frente da guerra

Passaram cem anos do fim da Primeira Guerra Mundial. Foi a data do Armistício assinado entre os Aliados e o Império Alemão e do cessar-fogo na Frente Ocidental. As hostilidades continuaram ainda em outras regiões. Duas décadas depois, começava a Segunda Guerra Mundial, "um conflito militar global (...) Marcado por um número significativo de ataques contra civis, incluindo o Holocausto e a única vez em que armas nucleares foram utilizadas em combate, foi o conflito mais letal da história da humanidade, resultando entre 50 e mais de 70 milhões de mortes" (Wikipédia).