Piscinas de Madrid podem comemorar "dia sem fato de banho"

Associação pretende "normalizar a nudez nas piscinas como na maioria das praias sem incomodar ninguém"

As piscinas públicas de Madrid passam a partir deste verão a poder comemorar um "dia sem fato de banho" ou do "fato de banho opcional", uma decisão que pode ser tomada por cada uma das piscinas desta cidade que tem o mar a 350 quilómetros de distância.

A decisão foi conhecida a partir da revelação de um correio eletrónico da Direção Geral dos Desportos da Câmara Municipal de Madrid para as Juntas de Freguesia da capital onde se pedia que respondessem se iam ou não comemorar esse dia.

A proposta inicial foi feita pela Associação para o Desenvolvimento Naturista da Comunidade de Madrid, que pretende "normalizar a nudez nas piscinas como na maioria das praias sem incomodar ninguém".

Desde o envio do correio em 30 de junho e até 05 de junho, apenas a Junta de Freguesia de Puente de Vallecas tinha respondido que "o perfil dos utilizadores não aconselhava a autorizar o día sem fato de banho", segundo a imprensa espanhola.

A porta-voz do Partido Popular (PP) na Câmara de Madrid, Esperanza Aguirre, que revelou o correio eletrónico, qualificou-o como sendo uma "ocorrência fantástica" e ironizou, dizendo não saber se poderá ser instituído um "dia sem véu para as mulheres muçulmanas".

O Dia do Nudista não é novo em Madrid: já foi celebrado no ano passado na piscina de Lago, em Madrid, e também era celebrado há alguns anos quando era presidente da capital espanhola José María Álvarez, do PP, recorda a imprensa.

Ler mais

Exclusivos